quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Clouzot et les arts plastiques

Clouzot et les arts plastiques. Une suite contemporaine – Hommage H.G.Clouzot

      Le Pilori, Niort

       De 26 de Janeiro a 10 de Março

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

The Virgin Queen

Minissérie, The Virgin Queen (A Rainha Virgem), data de 2005 mas só há pouco ficou disponível na Netflix. Produzida pela BBC, conta com um elenco de luxo e beneficia da excelente representação de Anne-Marie Duff como Elizabeth. Filmes, documentários e séries sobre Elizabeth I não faltam por aí.  E portanto, mesmo para quem não tem conhecimentos históricos, há situações e dados que se repetem e que são do conhecimento comum. Há uma imagem pré-concebida que construímos com todos os filmes já existentes. Contudo, esta minissérie que não fugiu a dados pré-conhecidos, optou por focar-se na relação da rainha com o seu conde preferido, Robert Dudley, e mostrar através deste pseudo-romance todo o processo interior, repressões, medos, anseios, dificuldades e dúvidas, de alguém que aspirou a ser soberana de uma nação sendo simplesmente mulher. Fantasias e romantismos à parte, esta é uma série com qualidade, peso e medida.  (Curiosamente, há uma outra excelente série inglesa de 2005 sobre a rainha – Elizabeth I, produzida pela HBO e pelo Channel 4, com Helen Mirren e Jeremy Irons). 
THE VIRGIN QUEEN
Inglaterra, 2005
Com Anne-Marie Duff, Tom Hardy, Ian Hart, Kevin McKidd, Ewen Bremner, Sienna Guillory, Dexter Fletcher, Jason Watkins, Hans Matheson, Tara Fitzgerald, Ben Daniels, Ralph Ineson, Ulrich Thomsen, Joanne Whalley
Onde: na Netflix

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

What Happened, Miss Simone?


Bonita abordagem à turbulenta vida de Nina Simone. Uma forma de homenagem. Um relato de admiração.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Natascha Kampusch: The Whole Story


Nada de novo. Uma síntese daquilo que já se sabia contada pela própria protagonista. Palavras curtas e relatos simplistas de um acontecimento traumatizante. Mas a autora tem total direito de guardar, selecionar e expor só o que quer/consegue. É a sua vida, o seu sofrimento, a sua intimidade...

domingo, 31 de dezembro de 2017

MEG

Exposition de référence-Les archives de la diversité humaine

Terça a Domingo: 11h às 18h
Aceda aqui ao site.

sábado, 30 de dezembro de 2017

Maison Tavel




Aceda aqui ao site.

Maison Tavel
Rue du Puits-St-Pierre 6
Genève

 11h às 18h, excepto segundas-feiras