quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Coco

Coco está muito perto de tocar (tocar, só tocar...)  a obra prima Up-Altamente, também dos estúdios da Pixar. Destaca-se pela sua qualidade sentimental (uma lágrimazita aqui e ali são uma possibilidade) e pela homenagem que faz ao drama das novelas mexicanas (há traições e reviravoltas familiares dignas de novela). A animação, porém, salva o filme de cair naquele tom caricatural, tratando estes elementos com mais elegância. Este filme aborda a importância da família, da conexão com o passado e dá grande destaque ao significado da morte. No entanto, é de salientar que apesar de visualmente bem conseguido, a temática não atinge píncaros de originalidade. Contudo,  o seu maior feito é conseguir tornar uma história inspirada numa importante tradição mexicana, num conto universal, sem fronteiras nem barreiras. 

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Tully

Drama psicológico sobre a maternidade e a crise dos 40 com base em vidas equivalentes a uma realidade que deambula entre o fim da juventude e a consolidação dos compromissos, das dificuldades financeiras e das responsabilidades.
Tully é uma espécie de viagem feminina pela maternidade, que através de um humor acutilante e inteligente ajuda na desconstrução desse mesmo período na vida de uma mulher.  Nem tudo é belo e nem tudo é um mar de rosas. Há sacrifícios, depressões pós-parto e muitas frustrações. 
Poderia ser um belo filme, eu apostei que era. Mas apesar da temática de peso, Tully desilude nas expectativas. Porque há um truque narrativo (aposta do realizador) mal escondido que se identifica cedo demais e que desvia a atenção dos problemas reais e existenciais do filme. 

sábado, 18 de agosto de 2018

Gruta de Carvão- Ponta Delgada



Gruta de origem vulcânica onde se pode ver o percurso da lava durante a erupção e conhecer um pouco da sua formação.A visita de 1 hora. É sem dúvida bastante interessante e os funcionários são simpáticos e muito bem instruídos. Só o preço é algo elevado tendo em conta o percurso e o tempo. 

Aceda aqui ao link.

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Fábrica de Chá Gorreana

A mais antiga Fábrica de chá da ilha cuja produção nunca foi interrompida e com a particularidade da quinta produzir a sua própria energia eléctrica, merecia mais e merecia receber melhor. 
A maquinaria é fantástica assim como os trabalhadores locais. É pena a fábrica apresentar alguma degradação nas suas instalações. A visita guiada deveria ser mais organizada e mais atenta à curiosidade de quem ali está.  A loja é descaracterizada, desarrumada e sem harmonia alguma. Os funcionários limitam-se a servir chá que oferecem e a vender artigos- pouca relação mantêm com o cliente e são francamente distantes e dispersos nas informações.
Só a zona de plantação é que está (porque já o é) imaculada.
Visita gratuita e com oferta de chá. Por mim, mais valia cobrarem bilhete de entrada e apostarem na organização (das visitas guiadas e da própria venda de artigos).
Ainda assim merece uma visita que nos enche os olhos e as narinas (o cheiro daqueles campos é divinal). 

Aceda aqui ao site oficial. 

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Feira Medieval de Bemonte 2018

Verdadeiramente agradável. Das muitas feiras medievais que ocorrem pelo país esta é das minhas preferidas. Não tem a grandeza das feiras de Óbidos e de Santa Maria da Feira, mas na sua 'estatura mediana' de vila do interior, nada lhe falta para proporcionar serões de antigamente bastante agradáveis. De destacar o ótimo estado de conservação do castelo e a própria organização da feira. 

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Hotel Transilvânia 2

Continuidade bem conseguida e assegurada. Hotel Transilvânia 2 consegue manter o mesmo padrão do primeiro filme, apesar das surpresas serem obviamente menores porque já não abrimos a boca de encanto ao nos apercebermos das personagens de terror que brincam aos monstros. (como será o caso do Frankenstein, Lobisomem, a Múmia e tantos outros). 
Nesta segunda produção, o Drácula casa a filha Mavis com o humano Jonathan. Com o passar do tempo, o casal tem um filho, e o hotel depois desta união, passa a estar aberto também aos humanos. Mavis acredita que o seu filho deve ter uma vida “normal” e ter a oportunidade de conhecer o mundo, ao contrário dela que sempre ficou presa no hotel e no mundo obscuro dos monstros.  Para tal, a mudança para a Califórnia será uma realidade. Mas o Drácula não quer que eles se mudem e o seu maior desejo é educar o neto como um vampiro. A partir daí, serão peripécias atrás de peripécias para impedir a mudança da jovem família para a Califórnia. 
A animação, cenários e iluminação continuam a ser muito bem conseguidos. A história não desilude e a diversão é garantida.